EXTRATERRESTREBLOG  SOFÄ DA SALA | BLOG BRAZIL WEIRD NEWS

 


       

 

 


 

 

06/10/2006

extraterrestre, alienígenas
O QUÊ OS ALIENS QUEREM NA TERRA

pesquisa traduções & texto: L. Cabus

 

      

 

 

Aliens na Terra: hibridismo para restaurar a capacidade
reprodução, de sentir emoções, de ser eterno e indestrutível.

 

Eles têm sido chamados de demônios encarnados e têm sido investigados secretamente por instituições científicas que usam tecnologias de ponta.

 

Alguns acreditam que "eles" serão a salvação da humanidade; outros negam completamente sua existência. Mas, se eles existem, um dos lugares mais prováveis onde encontrá-los é acima de nós, entre os corpos celestes que brilham nos céus da noite terrestre.

Os relatos sobre extraterrestres são milenares. Criaturas vindas do espaço, aparições de veículos voadores aparecem em culturas e todo o mundo. Nos Vedas indianos há descrições da Via Láctea que os cientistas não conseguem explicar.

 

A galáxia que abriga a Terra possui 14 sistemas planetários: sete superiores e sete inferiores. Segundo essa configuração, o "planeta azul" está em um ponto mediano nesta escala; é superior entre os inferiores e o mais inferior entre os superiores.



A questão é: porque seres originários de orbes e civilizações mais avançados visitam a Terra com tanta freqüência? Os ufólogos dizem que os aliens têm suas razões: coletam amostras do solo, da flora, fonte de matéria-prima que pode ser utilizada na química medicinal e, o mais importante, obtêm material genético humanóide capaz de revigorar. renovar - suas raças, em processo de decadência física.

 


CRIANÇAS ESPECIAIS


Nesse processo, de coleta de matrizes genéticas, mulheres são abduzidas e fertilizadas para gerar seres híbridos. Alguns bebês são recolhidos ainda como fetos e seu desenvolvimento acontece longe da Terra. Outros, permanecem no ventre de suas mães e nascem aqui, com toda aparência de pessoas comuns porém, dotados de faculdades paranormais.

Essas "crianças especiais", segundo os pesquisadores, vivem mais que os terráqueos, têm percepção mais aguçada e um desempenho geral, socio-individual superior à maioria das pessoas.

 

Também há rumores de que milhares desses híbridos desaparecem sem que nenhuma explicação. Poucos reaparecem e, quando isso ocorre, estão sofrendo de amnésia ou seriamente afetados em seu psiquismo.

 

Os teóricos mais radicais afirmam que, atualmente, não existem mais "terráqueos naturais"; todos nós já estaríamos geneticamente alterados pelas experiências feitas pelos aliens ao longo de eras.



Intelectualmente superiores, belos, com aparência semelhante à humana, esses extraterrestres, entretanto, têm o "sangue frio", como os anfíbios e são emocionalmente insensíveis. São uma raça em extinção porque não conseguem mais gerar descendência saudável. Por isso buscam na Terra, através do hibridismo, a única saída para a sobrevivência de sua espécie.

A preferência pelos humanos terrestres deve-se à especial localização do planeta, em um "eixo mediano" do Universo e ao peculiar "ponto de evolução" da atual raça humana que combina corpo e mente situados a meio a caminho de uma configuração entre o material e o espiritual.

 

Este ponto evolutivo, de acordo com tradição védica (das escrituras sagradas indianas) é uma passagem entre o Universo físico denso e o Universo físico sutil, ou "mundo espiritual", uma dimensão cósmica onde o tempo é eternidade e o Ser, indestrutível.

 

 

 

O ANO EM QUE FAREMOS CONTATO

 

 

Tentar ser um profeta do "Ano em que faremos contato" é uma posição arriscada. Alguns ufólogos especulam, outros até afirmam e fazem prognósticos sobre quando, finalmente, o mundo receberá a notícia inquestionável de que extraterrestres  se apresentaram abertamente aos humanos ou, ao menos, foram forçados a isso por um encontro flagrante, documentado e confirmado pelas autoridades de governo.

 

 

Em 2006, o ufólogo Jan Val Ellam (imagem acima ̶  pseudônimo de Rogério de Almeida Freitas), escritor e pesquisador brasileiro dedicado à teoria do espiritualismo universalista e cidadania planetária, nascido em Natal  ̶  Rio Grande do Norte, em 1959  ̶  apareceu em manchetes de jornais e revistas do mundo prevendo que não somente que esse "contato" ocorreria, sem dúvida, em 2007 mas,também, anunciando a volta de Jesus, o Cristo para 18 de novembro daquele ano, 2006.

 

Na época, Ellam declarou à revista UFO Magazine, que mantinha contato com representantes do espaço cósmico já há vinte anos. Esses encontros estariam todos registrados em um diário especial do escritor.

 

Os próprios aliens teriam avisado que fariam contato com os terráqueos; não apenas uma raça, porém várias raças de extraterrestres apareceriam entre 15 de novembro de 2006 e abril de 2007. Ellam tranqüilizava seus leitores explicando que os viajantes interestelares são maravilhosos, radicalmente diferentes dos seres humanos.

Até o momento, os aliens não haviam se manifestado publicamente na Terra por causa da violência que se espalha rapidamente neste planeta. Os habitantes deste "planeta azul" vêm sendo observados há muito tempo e logo ...não haverá mais dúvidas sobre a existência de vida em outras galáxias. Ninguém mais poderá contestar a existência de extraterrestres: nem governos, nem os mídia, cientistas, religiões ou organizações militares.

 

Ellam alegava ter fontes privilegiadas, alienígenas e espirituais que forneceram a informação. Quando a previsão não se concretizou, ofereceu explicações baseadas nas mesmas fontes: o retorno do Messias teria sido adiado pelo próprio; os alienígenas não se revelaram porque "mudaram de idéia".  E aproveitando as críticas e polêmicas, em 2012, lançou um livro "esclarecendo" as questões: O Drama Cósmico de Javé, 2010.

 

FONTE
Vysotskaya, Natalia. Official contact with aliens to take place within next 4 months

PRAVDA ENGLISH - publicado em 18/10/2006

 

 


 

ELES VIRÃO... PARA NOS EXTERMINAR, COMER E ESCRAVIZAR

 

Uma das dúvidas mais angustiantes sobre o contato com extraterrestre é sobre a natureza dessas criaturas e sua postura, afável ou hostil em relação aos seres humanos. Atualmente, já existe toda uma literatura sobre exobilogia distinguindo mais de uma dezena de Raças de ETs. Algumas, amigáveis, outras ameaçadores.

 

Muitos cientistas temem os alienígenas. Estes, representam a Consciência Pesada da Humanidade. Acreditam que habitantes de outras galáxias não têm motivo para simpatizar com a espécie humana e, seja por crueldade ou por um sentido ético isento de sentimentalismos, esses seres podem vir a Terra para exterminar esta Humanidade.

 

Observada de fora, esta parece ser uma Civilização fora de controle. Uma verdadeira ameaça para o ambiente de outros planetas. São mais sete bilhões de indivíduos governados por cúpulas incapazes de resolver os dramas sociais: as misérias de todo o tipo.

 

Doenças, fome, abandono, exploração do homem pelo homem, guerras incompreensíveis, agressões ao meio-ambiente, escravização, abuso e extermínio dos outros seres vivos com quem partilham o orbe.

 

Uma raça de ladrões, assassinos, homicidas e canibais que destrói seu próprio habitat mas que, tendo desenvolvido uma tecnologia capaz de levá-los muito além deste orbe, começa a planejar a exploração, no pior sentido dessa palavra  ̶  de outros globos à sua volta.

Por tudo isso, algumas Nações extraterrestres podem considerar a espécie humana uma forma de vida inferior ou, ainda, perigosa, predadora, perfeitamente passível eliminada do espaço cósmico ou ainda, merecedora de ser escravizada.

 

Ou, ainda, para alienígenas com sentido ético e moral tão ruim ou pior do que o dos Sapiens terráqueos, a Humanidade pode representar apenas um recurso a ser consumido, gado, comida, seja do ponto de vista orgânico, como carne, ossos e sangue, seja do ponto de vista da energia vital em estado puro.

   
 



 

 

 

 


 

 

 



 

 

 

 

 


 

 

 





 

 

ASSINATURA PLANETÁRIA

 

Segundo o estudo Would Contact with Extraterrestrials Benefit or Harm Humanity? A Scenario Analysis, dos cientistas Jacob D. Haqq-Misra (NASA), Seth D. Baum, Shawn Domagal-Goldman (NASA) - as probabilidades de um contato com alienígenas por iniciativa deles vem aumentando desde  que a Humanidade começou a avançar no processo historicamente chamado de  Revolução Industrial.

 

A Industrialização promoveu um aumento acelerado emissão de gases que provocam o efeito estufa mudando, inevitavelmente, a composição da Atmosfera da Terra. Isso significa que a assinatura espectral da Terra também mudou de modo bastante nítido para um observador extraterrestre.

 

Para reforçar as chances de sobrevivência da humanidade, os pesquisadores pedem cautela no envio de sinais para o espaço, e alertam contra difusão de informação sobre nossa constituição biológica, o que poderia ser usado para fabricar armas que os seres humanos alvo. Em vez disso, qualquer contato com ETs deve ser limitado ao discurso matemático ...até que tenhamos uma idéia melhor do tipo de ETI (Inteligência Extraterrestre) estamos lidando.

 

Os extraterrestres podem ser cautelosos com civilizações que se expandem muito rapidamente, uma vez que estas podem estar propensas a destruir a vida de outros à medida que crescem, assim como os seres humanos levaram à extinção espécies na Terra. No cenário mais extremo, aliens podem optar por destruir a humanidade para proteger outras civilizações.

 

       

 

FONTES

 

SAMPLE, Ian. Aliens may destroy humanity to protect other civilisations, say scientists
GUARDIAN/UK, publicado em 18/08/2011
http://www.guardian.co.uk/science/2011/aug/18/aliens-destroy-humanity-protect-civilisations

 

SINITSA, Natalia. Aliens to come to Earth to enslave and eat humans

PRAVDA ENGLISH - publicado em 25/08/2011

[http://english.pravda.ru/science/mysteries/25-08-2011/118863-aliens-0/]

 

Vysotskaya, Natalia. Why are aliens so obsessed with Earth?

PRAVDA ENGLISH - publicado em 29/09/2006

 

 


 



 

       


edições: Sofä da Sala
agosto, 2012 | 2006
ligiacabus@uol.com.br