ARQUIVO DE NOTÍCIAS BLOG  SOFÄ DA SALA | BLOG BRAZIL WEIRD NEWS

 

 


       

 

SABEDORIA MILENAR
Nervoso? Inspire no azul, expire no verde
Não resolveu? Tome um ansiolítico.

 

 

 


 

 

This Man  ─ O Invasor de Sonhos
trad. Ligia Cabús

ligiacabus@uol.com.br

 

      

 


 

Nova Iorque. Janeiro de 2006. A paciente de um conhecido psiquiatra desenha o rosto de um homem que tem, repetidas vezes, aparecido em seus sonhos. Em mais de uma ocasião, o tal homem falou sobre coisas da vida privada daquela mulher. Ela nunca tinha visto aquele homem, aquele rosto. O retrato ficou esquecido na escrivaninha do médico por alguns dias até que outro paciente notou o desenho e reconheceu o rosto. Disse que aquele homem aparecia freqüentemente em seus sonhos; e também este paciente, afirmava que não conhecia aquela pessoa.

Era algo de curioso. O psiquiatra decidiu fazer cópias do retrato e enviá-las para vários de seus colegas de profissão. Os sonhos recorrentes são comuns a muita gente. São sonhos que se repetem. Em poucos meses, quatro pacientes reconheceram o rosto do desconhecido. Todos o tinham visto; em sonhos; e todos se referiam a ele como Esse Homem.

Desde a primeira divulgação, mais de duas mil pessoas, procedentes de diferentes países, reconheceram o homem porque ele esteve em seus sonhos: em Los Angeles, Berlim, São Paulo, Teerã, Beijing, Roma, Barcelona, Estocolmo, Paris, Nova Delhi, Moscou etc.. Até agora [em 2009], nenhuma relação foi encontrada entre os sonhadores. Abaixo, diferentes versões do mesmo rosto, o rosto do Invasor de Sonhos.

 

 

 

 

As faces do Invasor de Sonhos traçadas por diferentes pessoas de   diferentes países. VEJA AQUI IMAGENS THIS MAN

 

 

Teorias

 

Algumas teorias têm sido elaboradas para tentar explicar as misteriosas aparições desse homem que entra nos sonhos das pessoas sem ser convidado pelas lembranças ou por qualquer consciência remota.

 

Teoria do Arquétipo ─ Fundamenta-se nas idéias do psicanalista K. G. Jung, This man seria uma imagem arquetípica, modelo, pertencente ao inconsciente coletivo que pode aparecer em épocas de sofrimento ou dificuldade [problemas emocionais, mudanças dramáticas na vida, circunstâncias estressantes], especialmente nas pessoas mais sensíveis.

Teoria Religiosa ─ Para alguns, this man é a imagem do Criador [!?] ou uma maneira de Deus se manifestar [!? com essa cara?]. Os sonhadores que acreditam nesta idéia dão grande importância ao que o desconhecido diz em seus sonhos, como se tais palavras fossem conselhos, preceitos ou profecias divinas.

Teoria do Invasor de Sonhos ─ Também chamada de Teoria do surfista de sonhos. This man seria, então, uma pessoa real que tem o poder [ou faculdade] de entrar nos sonhos das pessoas por meio de alguma habilidade psíquica específica. Sua aparência corresponde, portanto, ao que ele é na vida real [no estado de vigília]. Outros porém, acham que ele pode ser completamente diferente em vigília alterando sua aparência durante a inconsciência do Ego durante o sono. Esta teoria também considera a possibilidade de que por trás do fenômeno This Man existe um plano [conspiração] desenvolvido por alguma entidade ou grupo clandestino.

Teoria da Imitação ─ Esta teoria psico-sociológica propõe que o fenômeno foi produzido casualmente e desenvolveu-se progressivamente, por imitação. O desenho que ficou na mesa do psiquiatra em Nova Iorque, foi visto mas não notado, percebido conscientemente por vários pacientes que, posteriormente, sonharam com o rosto. Ao distribuir o retrato entre vários profissionais do mundo, o psiquiatra causou uma espécie de contaminação do inconsciente de outras pessoas que freqüentavam consultórios psiquiátricos. Com a divulgação do fato via internet, outros mais, não pacientes de problemas psiquiátricos também sonharam com o homem.

 

 

Os Sonhos

São relatos dos sonhos experimentados por várias pessoas. reproduzidos no site This Man. São anônimos.

Eu tenho tido esse sonho recorrente por anos. Um homem escuro e alto mostra-me um retrato e pergunta se nele, no retrato, eu consigo reconhecer meu pai. O homem no retrato é esse homem que eu nunca vi antes e que em nada se parece com meu pai. Apesar disso, inexplicavelmente eu respondo que reconhece nele o meu pai. Nesse ponto, geralmente, eu acordo me sentindo em paz. Outras vezes, o sonho continua e eu me vejo diante do túmulo de meu pai. Estou colocando flores na sepultura quando me dou conta que o retrato do meu pai desapareceu.

Eu me apaixonei por ele desde a primeira vez que o vi em meu sonho; embora deva admitir que ele é realmente feio. E a cada sonho ele me arrebata com seus gestos românticos e palavras doces. Ele me dá flores e jóias; me leva para jantar ou à praia, para ver o por do sol. [Na opinião deste tradutor, este é o sonho de uma encalhada, seja mulher ou seja um gay].

Eu costumava sonhar freqüentemente que estava voando sobre minha cidade e observando meus amigos lá do alto, Mas desde que mudei para uma casa nova comecei a encontrar esse homem enquanto voava. Ele voa comigo mas nunca fala nada.

A primeira vez que sonhei com esse homem, eu estava tendo problemas no trabalho. No sonho eu estava perdido em um shopping center completamente deserto. De repente esse homem apareceu e eu comecei a fugir dele. Ele me perseguiu por um tempo que me pareceu ser uma hora até que me encurralou em uma área infantil de um supermercado. Então, ele sorriu para mim e apontou os caixas da loja. Neste ponto, acordei. Desde esta noite ele tem aparecido em meus sonhos e sempre me mostra direções antes do meu despertar. [Aqui, este tradutor acha que esse homem está sugerindo que sonhador vire assaltante de supermercados.]

 

Eu nunca tive relações homossexuais; nem mesmo em fantasias [opa!] Mas eu sonho que estou transando [tendo relações sexuais] com esse homem [!]. Tenho de admitir que This Man é muito criativo e que ele me agrada. Muitas vezes, quando acordo, descubro que tive uma ejaculação enquanto dormia [fala sério!!! Obviamente, o sonhador non saiu de armário. Meditemos...].

Eu vi Esse Homem em meu sonho vestido de Santa Klaus [Papai Noel!]. Quando ele apareceu eu me senti feliz como uma garotinha. Ele sorriu para mim e, então sua cabeça foi se transformando em um balão e flutuava no ar sobre mim. Eu tentei pegar o balão mas ele sempre me escapava.

 

Sonhei com Esse Homem quando estava no 10º ano [do colégio]. Ele não aparece de forma recorrente. Mas somente em um; um sonho memorável e terrível. Eu estava preso em uma sala sentado em um banquinho. Um pouco a minha frente, tinha uma televisão. Então apareceram dois homens que eu nunca vi antes e que não eram, nenhum deles,

Esse Homem. Ambos me atacaram. Acordei, gritando, todo suado, chorando. Porém, de algum modo, voltei a dormir e me vi de volta à sala. Comecei a chorar e a gritar. A televisão estava lá e foi então que Esse Homem apareceu na tela. Ao vê-lo, pedi a ele que não me fizesse mal. Seu rosto era inexpressivo e ele nada dizia. Ele cortou minha garganta e aí eu acordei. Acho que ele me permitiu sair do pesadelo. Pensei nele durante semanas e fiz alguns desenhos do seu rosto.

No meu sonho Esse Homem estava no meu espelho olhando para mim. Não disse nada e usava óculos. Não se moveu, era como uma estátua.

 

This Man Brasileiro! Eu sonhei com esse homem. Era brasileiro e muito bonito. Parecia um professor. Tinha seis dedos em sua mão direita e disse que se acontecesse uma catástrofe nuclear nos Estados Unidos: Vão para o Norte. [Como lacaio de ocultista eu pressente: a sonhadora era Madonna e Esse Homem é um híbrido de Jesus, o modelo affair da cantora, com o bispo Edir Macedo. Meditemos...]

Eu vi Esse Homem em três sonhos diferentes. Ele apareceu um pouco diferente do retrato [que circula na internet e nas paredes e postes de cidades do mundo todo]; mas eu o reconheci imediatamente. Apareceu de repente e desapareceu do mesmo jeito. Disse a mesma coisa nos três sonhos: Tudo está acabado. Repetiu isso três vezes nos três sonhos.

VEJA AQUI IMAGENS THIS MAN EM DIFERENTES PAÍSES

      

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 


 


 




      

 

edições: Sofä da Sala
novembro, 2009
ligiacabus@uol.com.br